domingo, 31 de janeiro de 2010

Quem é a mulher que no seu perfeito juízo...


...pergunta a um homem se a está a trair? Está a pedir que ele lhe dê música.

Nem estou a ver nenhum que se realmente estiver, assuma isso. Claro que se já está com planos para deixá-la e ir viver com a outra é capaz de dizer a verdade, fora isso duvido. Uma mulher esperta não confronta, investiga. Ao dizermos que desconfiamos estamos a dizer-lhe para ter mais cuidado.

13 comentários:

Gaja com G maiúsculo disse...

Hummm eu já perguntei, admito, e ele traía-me, óbvio que negou com a maior cara de pau.
Só que a forma como o negou, deixou-me alerta, a pensar que algo se passava, e daí foi uma questão de minutos até lhe pegar no tlm que não parava de apitar... e eis que tive a prova!

cereja disse...

Ah...eles negam sempre! Se até negam quando são apanhados encostadinhos a elas, porque não negar se ninguém está a ver.

Miss Murder disse...

Sim, eles não iam admitir uma coisa dessas. Quer dizer agora com as liberdades todas nao duvido que algusn tivessem a lata de o fazer!!

gostei daqui!

T disse...

Olá!

Concordo em absoluto com o que dizes. Sobre o que me perguntas no meu blog, sim, já tive, várias vezes, há três anos atrás... e de há uns três meses para cá tenho estado à beira de... mas porquê? andas assim?

Maçã e Canela disse...

Nem mais! Nem mais!

Miguel disse...

Uma mulher no seu perfeito juizo?

Não percebi...








:))))))
(piadinha)




E elas? Não fazem o mesmo?

Bomboca do Amor disse...

Há mulheres para tudo, mas essa mulher lá saberá com que homem estava a lidar. Contudo, foi um bocadinho "palerminha".
Beijinhos,
Bomboca do Amor.

Pepper disse...

E depois de Investigar? Confronta-se?

Este Blogue precisa de um nome disse...

Olá Pepper :)

Depois vais lá e atiras-lhe com as provas à cara :D

Beijo

sara maria disse...

Eu tenho cá para mim que perguntava, assim na lata, mas isso é pq sou assim esquentada ou seja sem juízo nenhum. ;) Mas para perguntar, já tinha de estar desconfiada, e se estava desconfiada e sendo assim, só perguntava mesmo e batia de seguida com a porta.

Mr. Me disse...

Rita, isto é uma tertúlia de gajas? hum? hum? É? É isso que parece! ;)
Eu admiti, das duas vezes. Não devia ter feito, eu sei. Mas não consegui aguentar mais...

Beijoca para ti!

Rita G. disse...

É verdade, é melhor nem perguntar... quando se pergunta é normalmente porque já se tem a certeza, é ou não é?
Bj:-)

Rita Moura disse...

Eu numa situação dessas não perguntava. Quando tivesse a certeza punha-lhe as coisas fora de casa, por muito que isso me custasse! ; ) ***