sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Da greve:


 
Já há muito, que disse tudo o que achava sobre este assunto: AQUI.
 
Já sei que todos têm direito à greve, blá blá. Já sei que estamos todos muito indignados com muita coisa. Oh pá, eu já sei isso tudo. Mas, nesta altura do campeonato, com o país falido, ainda andarem a fazer greves? Pelo amor da Santa! E os sindicatos? Andam há 40 anos com as mesmas formas de luta. Inovar, não? Qualquer merda. Façam uma merda qualquer pelo país. Mas, paralizarem o país 4 a 5 vezes por ano, não acho que seja uma forma de luta, mas sim uma estupidez. Criem um grupo de pessoas com credibilidade, que façam parte da sociedade civil, e proponham-lhes governar o país. Façam, mexam-se. Agora não me fodam com estas merdas das greves, pá. Isto leva-nos a algum lado? Não.

1 comentário:

Vanda Estrompa disse...

Não leva ninguém a lado nenhum, só transtorna a vida de td a gente. E kem fica a ganhar são as empresas k deixam de ter o custo diário associado a quem faz greve...