segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Descobri!

Foi um turu turu turu.

Esse turu turu turu aqui dentro
Que faz turu turu quando você (...)
Meu olhar decora cada movimento
Até seu sorriso me deixa sem graça

Se eu pudesse te prender,
dominar seus sentimentos,
Controlar seu passos,
ler sua agenda e pensamentos
Mas meu frágil coração
acelera o batimento e faz turu turu turu turu tu...

Esse turu tatuado no meu peito
Gruda e o turu turu turu não tem jeito
Deixa sua marca no meu dia-a-dia
Nesse misto de prazer e agonia

(...)
Sinto falta dessa paz que encontrei no seu sorriso
Qualquer coisa entre nós vem crescendo pouco a pouco
(...)
E é você (...) pra esse turu turu turu vir me atormentar

Se esse turu tatuado no meu peito
Gruda e o turu, turu, turu, não tem jeito
Deixa sua marca no meu dia-a-dia
Nesse misto de prazer e agonia

Eu desisto de entender
É um sinal que estamos vivos
(...)
Não há lógica nos livros
E quem poderá prever
Um romance imprevisível
Com um turu, turu, turu, turu, turu, turu, tu

Esse turu turu turu aqui dentro
Que faz turu turu quando você (...)

(...)
Sinto falta desse turu, turu, turu, turu, turu, tu.

5 comentários:

Só sedas disse...

Irrita-me nestas gravações em directo ouvir as pessoas a cantarem. Nos concertos a mesma coisa e não as consigo mandar calar! Mas não é melhor ouvir a cantora? Digo eu...

Maria Suzel disse...

Essa musica é linda!

M' disse...

tão linda!!! :D

Blair Randall disse...

essa das músicas da minha infancia Sandy e júnior :)

xoxo***

Andreia Afonso disse...

Que saudades!!!!
Ah anos que não me lembrava desta música e agora estou no youtube a 'curti-la' novamente =)