terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Constatação do ano 2010

As pessoas (adultas) apaixonam-se em menos de 15 dias e em menos de um mês, dois no máximo sabem que é o amor da vida delas e que vão passar o resto dos dias juntos. Aquilo a que chamo pouca responsabilidade e maturidade emocional. Foi o que mais vi no ano que agora acaba.

10 comentários:

Joh disse...

eu também xD

Pacha disse...

As pessoas têm cada vez mais necessidade de atenção e amor e muitas vezes devido às suas inseguranças acabam por meter os pés pelas mãos.

Este Blogue precisa de um nome disse...

Pacha

É exactamente o que penso :)

É o que dá menos trabalho, é o que está ali à mão de semear, é o tal amor ao qual chamo: instantâneo, tal e qual como a mousse.

Beijo :)

S* disse...

O amor pode ser assim... inesperado.

susie disse...

Quando eu digo que comecei a namorar com o meu marido sem gostar dele, no sentido romantico, porque gostava dele mas como amigo, as pessoas ficam a olhar para mim de uma maneira estranha.E Casei com ele qaundo tive a certeza que o amava, porque o fui conhecendo ao longo de quase 4 anos de namoro e como eu costumo dizer, além da amizade, construi um amor, fui o conhecendo e aos poucos, quando me apercebi era amor o que sentia ,além da amizade.E ainda hoje, passados 8 anos de casamento sinto que o amo cada dia mais um bocadinho....porque eu acho que o amor é algo que se constroi, ao contrário da paixão.
desculpa o testamento, ficou um pouco longo.

Só sedas disse...

Adultas e não só, mas as adultas não têm desculpa. Penso que a necessidade de ter alguém é tanta que não importa se essa pessoa é a certa ou não desde que a tenham ao pe no entanto, iludem-se a eles próprios. Metem-se numa embrulhada para terem de sair dela uns meses depois...

olhar atrevido disse...

Ó Rita,
por vezes sabemos mesmo...o estranho é acontecer muitas vezes à mesma pessoa...eu só o soube uma vez e nem precisei de 15 minutos, bastou-me o tempo de um olhar...no entanto não foi para a vida inteira só porque ele não teve tempo para isso, nós não tivemos tempo para isso...

Sara Maria

N's disse...

A tendência é para piorar :(

Maria. disse...

Concordo a 100%. As pessoas são tão, tão ingénuas.

Preta Rosa-Velho disse...

Amor agora é como pipocas, que pena não é...