segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

16 de Dezembro

Devolva-Me
Adriana Calcanhotto

"Rasgue as minhas cartas
(...)
Assim será melhor
Meu bem!
O retrato que eu te dei
Se ainda tens
Não sei!
Mas se tiver
Devolva-me!
(...)
Porque assim
Eu viverei em paz
Quero que sejas bem feliz
Junto do seu novo (...)

Rasgue as minhas cartas
(...)
Assim vai ser melhor
Meu bem!
O retrato que eu te dei
Se ainda tens
Não sei!
Mas se tiver
Devolva-me!
O retrato que eu te dei
Se ainda tens
Não sei!
Mas se tiver
Devolva-me!
Devolva-me!
Devolva-me!"

Era dos melhores presentes de Natal que me podiam ter dado: o caderno. O termo não será bem, "devolva-me", mas sim empresta-mo.

2 comentários:

Isabel disse...

Gosto tanto desta música...

Preta Rosa-Velho disse...

:) Ninguem em perfeito juizo se desfaz de algo precioso, com valor sentimental. Ele não to confessa, mas olha que é isso. ;)