domingo, 1 de dezembro de 2013

Pergunta número 101


Ora, peço-vos imensa desculpa de incomodar a vossa tarde de domingo com estes meus dilemas. Mas, há uma pergunta que me assombra (ajudem-me aqui a pensar, que isto não está fácil): Mas porque raios havemos de ficar amigos de alguém, com quem tivemos um relacionamento amoroso? Não entendo porquê! A sério que não entendo. Amigos, para quê?

Há pouco, enquanto pensava nisto, lembrei-me de uma frase do Eduardo Sá: "{...} saírem a bem é uma forma muito hábil de quererem tudo, quando no fundo o segredo na vida, passa por termos a ousadia de fazer escolhas {...}".

Eu acho que ele está tão certo, mas tão certo. Pelo menos no início tem que haver um corte. Mas, percebo tão pouco de relações...

12 comentários:

Maria disse...

Sabes, houve alturas na vida em que tive tão pouco, que agora caio na tentação de querer tudo...

luciasantosnet disse...

Também acho! Não fiquei inimiga, mas amiga amiga também não!

Só sedas disse...

Sim, ele está certo mas não "temos". Depende da pessoa, da relação, das circunstâncias, do que aconteceu. Também não acho nada mal ficarmos amigos. Porque havíamos de não ficar? Depende!

Só sedas disse...

Sim, ele está certo mas não "temos". Depende da pessoa, da relação, das circunstâncias, do que aconteceu. Também não acho nada mal ficarmos amigos. Porque havíamos de não ficar? Depende!

Isa disse...

Decididamente um corte no inicio! Ou é uma coisa de mutuo acordo em que ambos acham que já não faz sentido e não há o drama de um ainda querer muito (e mesmo assim um corte para "limpeza emocional" é sempre bom), ou então o corte é o melhor pois apaga o rostinho que lá possa ter ficado... penso eu de que! Mas sou muito inexperiente nestas coisas das relações (com o mesmo há 13 anos, não percebo muito de terminar relações!)

Marisela disse...

Concordo ctg... eu não consigo ficar "amiga" de alguém que tive um relacionamento e que ainda por cima fui eu a maltrata e ferida ... não consigo... não dá nem funciona cmg.. corte radical é o melhor.. e no caso que tenhas que ver ou lidar... omissão... é o melhor remedio...indiferencia completa..
bj
marisela

Marisela disse...

Concordo ctg... eu não consigo ficar "amiga" de alguém que tive um relacionamento e que ainda por cima fui eu a maltrata e ferida ... não consigo... não dá nem funciona cmg.. corte radical é o melhor.. e no caso que tenhas que ver ou lidar... omissão... é o melhor remedio...indiferencia completa..
bj
marisela

Este Blogue precisa de um nome disse...

Marisela:

Claro que nem falava desses casos de se ser maltratada, nesses acho que não passa pela cabeça de ninguém ficar amiga. Estava a falar dos relacionamentos no geral. :-)

beijo

Na Província disse...

Eu não fico amiga dos meus ex, fica uma relação cordial, nada mais, amigos é outra coisas e não são os ex.Naaaaaaa

Sofia disse...

Acho que nunca serão amigos no verdadeiro sentido da palavra.
Para mim os amigos são pessoas com quem tenho grande afinidade, e se a relação não funcionou é porque existiu alguma falha.
Não se misturam as relações de amor/paixão com a amizade, algumas das duas fica pelo caminho.
Os ex.'s ficam no passado.

Ana A. disse...

Eu tenho 3 ex-namorados como amigos, com quem janto regularmente e cuja casa frequento.
O corte foi necessário e inevitável, para libertação mas também para limpar as mágoas que ficam dos 2 lados.
Depois disso surgiu naturalmente a reaproximação. Para mim não faz sentido deixar de falar com uma pessoa que me conhece tão bem, apenas porque os sentimentos mudaram.
Não me faz sentido, mas isso sou eu.

romi - think pink disse...

Para mim, também não se pode misturar Amor e Amizade, são sentimentos nobres muitos distintos e cada um no seu lugar! Um beijinho e faça o que o seu coração manda, o coração sabe tudo!...