quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Pergunta número 99


Ajudem-me aqui a pensar, que eu com o andar dos anos, percebo cada vez menos de amores e paixões. Então os homens preferem as mulheres mais fracas, mais vulneráveis? A sério? Sempre achei que era o contrário: que preferiam as seguras, as decididas, as independentes.
 
O homem que estiver ao meu lado tem que ser seguro, corajoso, forte. Pelo amor da Santa. Filha, tenho uma: a MC. Não pretendo ter mais. Mas diz que sim, que preferem as fracas, as que gritam que os amam, que fazem chantagem, que não lhes dão um minuto de sossego, que sofrem de neuroses várias, que juram a pés juntos que sem eles não vivem { foda-se, eu lá preciso de um homem para viver}, que os chantageiam. E mais: são gajas que nunca olham para o lado, logo é pouco provável que alguém olhe para elas. Isso traz segurança ao homem que têm ao lado: elas estão lá sempre, independentemente de tudo. Traz-lhes a segurança que estejam elas bem ou mal, estarão sempre lá. Elas endeusam-nos. Não há pachorra. Como ninguém olha para elas, mantém-se ali como cão fiel que não trai o dono. Obcecadas,  diria eu.
Mas, eles ficam com estas. Estas são as seguras.
As outras quando estão mal, mudam-se e isso lixa-os. A vida ensinou-as que têm que andar para a frente, independentemente de tudo. Isso pode tramar-lhes a vida { aos homens, que é de quem falamos}, podem vir a sofrer desse horror que é o desgosto amoroso. A um homem fica mal, não podem. Respondam-me: eles ficam mesmo com este género de mulher porque é a mais segura? Pelo que tenho visto, no último ano, ficam. Assisti a uma mão cheia, destas histórias. É assim mesmo ou fui eu que vi mal?

Adenda: Será que o facto de terem que se sentir úteis, influencia alguma coisa? Será?

21 comentários:

Mariana disse...

Ainda sou novinha (21 anos) mas, também já me apercebi que os homens preferem as mais fracas. As outras assustam-nos! Felizmente, há ainda homens que preferem as fortes e seguras de si. Tenho alguns amigos assim, e isso deixa-me esperançada para a nova geração de homens adultos :)

Na Província disse...

Pois, eles preferem mesmo esse tipo de mulher, o que é bem diferente de nós, pois claro, que não precisamos nem dependemos deles :)
Há uns anos,um amigo disse-me que mulheres como eu/nós, são assustadoras e que os homens ficam assustados com essa independência. Sabes que isso nunca mais me saiu da cabeça e passei a observar a "fauna" e eles têm mesmo medo :)
Mas depois há os que não suportam mulheres dependentes e atadas e esses é que valem a pena ;)

Ser disse...

pois parece que é verdade filha! e assusta-me que quem está mais à frente que eu digaexactamente isso. gesus

Este Blogue precisa de um nome disse...

Ser:

É caso para se dizer: foda-se, deumalibre disso :-)

Este Blogue precisa de um nome disse...

Provincia:

É mesmo para esses que temos que olhar :-) mas às vezes o coração não deixa :-) ah ah ah

Este Blogue precisa de um nome disse...

Ai Mariana, mas eu já não tenho 21 anos :D aqui falo dos de 40 e 50.

Bj

Garruk Falabravo disse...

Conversa da treta... o que qualquer pessoa deseja é ser feliz com a parceira ou parceiro que escolheu. Parafraseando o que alguém um dia escreveu "A paixão queima, o amor enlouquece e o desejo trai" e para se poder ser feliz tem que haver acima de tudo equilíbrio e confiança com quem se está. It's simple as that!!!

Este Blogue precisa de um nome disse...

Ah! Esqueci-me de dizer que das tais 5 histórias, nenhum deles é feliz. Falha minha, eu sei :-) não têm parceiros, têm doenças.

Ter equilíbrio ao lado de alguém dependente, parece-me difícil. Mas, isto sou eu que sou meio doida.

Também gosto muito do Luiz Fernando Veríssimo.

Katty disse...

Pela experiência que tenho eles gostam de que nós tenhamos fraquezas até porque adoram ser protetores e assim, mas se formos muito dependentes deles, andar-mos sempre a choramingar e a precisar deles a todo o instante bem que se piram pois não aguentam tanto drama.

Este Blogue precisa de um nome disse...

Depende das pessoas como é lógico. Mas quando não se é suficientemente forte, acabam por ser manipulados.

Alguns deles, gostam bem desses draminhas e até acham graça: interpretam como sinal de amor. É que há gente para tudo nesta vida.

Marta Martins disse...

Felizmente ainda ha homens que
querem ter ao seu lado uma Mulher forte e decidida em relacao aos outros , são tambem eles uns fracos.

Só uma pergunta que não tem nada a ver com isto, incomoda-te que transcreva para o meu blog textos daqui (com devido credito)é que ultimamente tenho recebido ums comentarios parvos a dizer que ando a copiar o teu blog. Eu ao ler os tais comentarios pensei, bem acho que a Rita percebe porque é que o faco e nao se importa nada, mas uqereia saber o que realmente achas. Desculpa acomentario tao longo , boa noite!

Maresia disse...

Concordo... Precisam de se sentir os maiores...


Irene

Este Blogue precisa de um nome disse...

Marta:

Onde andam esses? Conheces algum?

Pelo que sei - sim, também leio o teu blogue - o que lá pões são frases que não são minhas, que lês aquilo, revês-te e transcreves. Qual o problema? Não vejo.

As vezes que lá vi textos meus, tinha SEMPRE o link para aqui. Sabes qual foi o problema? Foi teres vindo para aqui tratar a outra: a ladra de textos, por pessoínha. Foi esse o teu problema :-) oh rapariga, leva o que tu quiseres. estás autorizada até a levares-me a mim :-)

Este Blogue precisa de um nome disse...

* que lês aqui

luciasantosnet disse...

Pois acho que é assim tal e qual! Claro que sem o afirmarem… em conversa também gostam das independentes e lá lá lá, mas a verdade é que essas (nós) assustamos e muito, exactamente por isso, por quando estamos mal mudamo-nos...

luciasantosnet disse...

Rita,
Levei o texto da Clarissa, de hoje… com o devido link. Espero que não se importe.

Ana A. disse...

Da minha experiência sim, é verdade!
Mas também acho que meio mundo é desequilibrado, pelo que se completam.
Os homens que eu aprecio não têm medo dessas m*** Quanto mais seguras e independentes melhor. Mas a verdade é que por outro lado, esses escasseiam, mesmo os de 30 e tal.

Marta Martins disse...

Grande mulher,Rita, não estava a espera de outra resposta!!!

Em relacão aos homens conheço alguns, poucos,mas bons,tem um unico defeito o de já terem encontrado as suas caras-metade. Ainda não encontei nemhum solteiro, mas a esperanca é a ultima a morrer =)

Nunca mais me lembrei da pessoínha,mas acho que tens razão.

Helen Berry disse...

Ai mulher o que me ri a ler isto. Sim, eles ficam com essas, acredita.

Este Blogue precisa de um nome disse...

Temos que nos rir, que remédio.

Mas dá pena, muita pena!

Este Blogue precisa de um nome disse...

Deus me livre daquela vidinha morna, a vidinha amorfa. Eu quero tremer, que me falte o chão e o ar. É lógico que isso não é permanente, mas estar com alguém que é infeliz connosco...

Outro dia uma amiga, dizia-me que ao fim de 11 anos de casada, ainda sente a barriga gelada quando o marido entra em casa. Porra! Querem melhor que isto? :-)