quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Post escrito a 23.11.2011 e que, hoje, faz todo o sentido estar aqui de novo

 
Tentem fazer com que desista. Magoem-me, façam-me chorar, desfaçam-me por dentro e por fora, atirem-me para o chão, pisem, arrebentem comigo.
Eu levanto-me, nem que me arraste e vou a lutar até ao fim. Luto até à última gota de sangue, não tenham a miníma dúvida. E agora já faço isto (também) por mim...

4 comentários:

As Duas na Letra disse...

mesmo no dia do meu aniversário...palavras fortes!

paulinha

Roxanne disse...

eu aplaudo-te nisso. de pé!

Anouk disse...

http://cookiecookie-monster.blogspot.pt/

Coquinhas disse...

Venham "eles", tenho a certeza que serás sempre mais forte :D Força, um miminho