segunda-feira, 27 de agosto de 2012

É só trocar a palavra pai por mãe

"[...] nunca tenhas vergonha de sentir medo perto de mim. Ao pé de mim, podes sentir tudo o que sentires, podes dizer-me o que souberes e que quiseres, e pedir-me o que precisares. Se tiveres vergonha, fazes de mim um pai horrível e matas-me um bocadinho [...]".
 
Valter Hugo Mãe - "O filho de mil homens"

6 comentários:

As Duas na Letra disse...

uau...adorei estas palavras

Paulinha

Maria disse...

Todos os dias luto para que eles nunca sintam isso comigo... quero que sintam á vontade total comigo, seja para o que for...
Beijinhos ás duas...!

R. disse...

:)

Este Blogue precisa de um nome disse...

eu morreria aos poucos se sentisse que a minha filha não era genuína comigo. morreria. mas as nossas almas tocam-se todos os dias :) felizmente e muito graças a mim e ao trabalho diário que faço com ela...

Saltos Altos Vermelhos disse...

mas haverá ligação mais bonita que esta?

Plim disse...

Para mim é perfeitinho!! =)
Ao tempo que não vinha ao teu blog =)