terça-feira, 20 de março de 2012

A minha consciência

Não permitiu que expusesse a minha intimidade com a minha filha. Não conseguiria. Eu sei que o facto de ser uma mãe sozinha pode inspirar muitas outras. Aliás, recebo muitos emails nesse sentido. Sinto-me feliz por isso. Ser fonte de inspiração para uma só pessoa, já seria um grande motivo para ter o blogue, mas sei que sou para muitas mais. Mas isso esgota-se aqui, no blogue. Exposição mediática, não. Não conseguiria. Só o faria (e pus a hipótese de o fazer pelas outras mães) se isso só me envolvesse a mim. Agora a MC, não. A minha filha nunca me pediu para ter um blogue e para ser filha de uma mãe solteira.

3 comentários:

Kiki disse...

Gosto de ti! :)

Shiine * disse...

Exacto. Concordo plenamente com a tua forma de pensar. Um dia, daqui a muitos anos, se ela quiser, e tu ficares confortável com isso, talvez. Beijinho

Adriana ♣* disse...

Tá certíssima!