quinta-feira, 17 de novembro de 2011

A quem


no Sábado, quando eu queria encostar a alma, me deu o sofá e a amizade onde me aninhei: muito obrigada. Eu disse que a nossa amizade estava já ali à frente, que eu a via. Foi só deixar tudo serenar. Sim, meninas estou a falar do vizinho (só quem me lê há mais tempo, vai entender).
Ele nunca desistiu de mim, nem da minha amizade, nunca!

8 comentários:

" Smile disse...

O da garagem?
Dos livros de poesia?
Gosto!

Este Blogue precisa de um nome disse...

Sim, o da garagem...

Menos, smile, muito menos! Só amizade...

Montana disse...

A minha mente romantica diz-me que ainda vai haver mais qualquer coisa para além da amizade.:)

Este Blogue precisa de um nome disse...

Montana

Eu já sabia... sabia que vinham para aqui com os vossos romantismos... o rapaz é comprometido, tem namorada. Eu sou só amiga :) abotem isso na bossa cabeça, carago :D

clutch and chic disse...

:). fico contente que essas amizades retornem. às vezes é preciso deixar serenar a coisas. --

Este Blogue precisa de um nome disse...

Pois... mas nunca disse mal de mim, nunca me ridicularizou em frente a ninguém. Sempre me ligou nos momentos difíceis, sempre me apoiou, sempre esteve aqui ao meu lado (às vezes num silêncio a que o obriguei), mas esteve sempre. Sempre o senti em pequenos gestos. Trago um problema na alma, ele sorri e resolve-o. Ouve-me, escuta-me, tenta serenar-me, sem critica sem apontar o dedo, sem se pôr de bicos de pé. A humildade é algo muito bonito... e só voltou por isso.

Teresa disse...

percebo-te, respeito e até talvez concorde. deixar serenar, mesmo que passem anos e anos, é sempre bom. beijo!

Isabel disse...

Ah, o vizinho!!! Já tinha saudades da história do vizinho!
Já tem namorada? Quero ver se ela vai achar piada que ele seja a tua nuvem de vez em quando! Boa sorte com isso, Rita.
;)