quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Ontem à tarde ao telefone com a minha amiga M.

M: Ai o J. foi agora mesmo para Lisboa, ele faz-me tanta falta!
Eu (céptica como sempre): Estás doida? Não vais começar a chorar, pois não? Não me digas que ao fim de 8 anos de casada ainda estás apaixonada...
M: Estou. Claro que estou. (emoção do outro lado)
Estes são os sinais que recebo (todos os dias) que o amor existe. Também recebo sinais contrários, tenho é que deixar de os sobrevalorizar.

8 comentários:

Marta disse...

exatamente! E continuar a acreditar, que um dia acontece connosco :)
beijinhos

VeraB disse...

Existe, claro que existe.
Bj

ela disse...

Existe e muitas vezes está onde menos esperamos. :)

Bom blog.

beijos,
b.

Susaninha disse...

O AMOR EXISTE...PONTO FINAL...
Gostei deste post....
Já estou cansada de ouvir historias de arrepiar....
Venham lufadas de AMOR...

suuuuRRISINHOS:)

Nokas disse...

Eu gosto de acreditar que sim, é possível...passado tanto tempo continuar apaixonada!

Kikas disse...

ohhhhhh :')

Jo disse...

fabuloso :) isto é o amor.

Rita disse...

Os outros sinais não interessam =) *