domingo, 29 de agosto de 2010

Merecem uma explicação

Todos (ou quase todos) que me lêem merecem uma explicação para a minha ausência. Não ma cobraram - é uma verdade - mas eu sinto que a devo dar. Devo, porque vos respeito, porque gosto de vocês e porque este blogue não seria nada se não fosse lido. Não é o que fazemos às pessoas de quem gostamos? Explicamos o porquê de determinada atitude, o porquê de determinado comportamento. Eu pelo menos sou assim com toda a gente que faz parte da minha vida ou que por qualquer motivo se atravessou nela. Das coisas que mais gosto, é conversar e é isso que vou fazer agora, conversar com os melhores leitores da blogosfera.
Nos últimos tempos que aqui escrevi devem ter reparado, que andava triste, em baixo mesmo. Como o que aqui escrevo é verdadeiro e não ficção, os posts andavam sempre à volta do mesmo, dessa tristeza. Escrevia sobre aquilo que vocês não entendiam e para ser franca, acho que nem eu mesma entendia e quis acabar com isso. Porque quis sair desse ciclo e porque não queria que determinadas pessoas lessem o aqui estava e se calhar, até aplaudissem de satisfação. Eu já não suportava o que escrevia e embora o blogue seja meu e eu escreva aqui o que me der na gana, há coisas que por ter tanta gente a ler-me, não devo aqui pôr.
Alguns sabem que tenho um outro blogue, um blogue chamemos-lhe: secreto. Ninguém o lê, só eu. E ali grito, berro, esperneio, rio, choro, sem censuras, nem auto-censuras e foi aquele blogue que me salvou nos últimos dias. Não sei se vou ter coragem de manter este lugar aqui, onde todos os dias desabafo disparates, mas queria que continuassem a ler-me. Há muito pouca gente a quem gostaria de "barrar a leitura", mas há. Não sei como vou fazer para trazer todos comigo, para um novo lugar, sem o publicitar. Não sei como fazer, mas vou conseguir, garanto-vos. Quando voltar de férias terei com toda a certeza a resposta.

10 comentários:

Dear Daisy disse...

Desejo-te boas férias e melhores dias :)
Beijinho

Lipa disse...

Força Rita! Há muito que te sigo e a blogosfera fica, com certeza, mais pobre, com a tua ausência. Espero sinceramente, vir a ler, brevemente, posts teus, alegres e cheios de vida! Coragem! :)

INA disse...

Por vezes temos fases assim. Estou convencida que a garra que transpareces ter te fará ultrapassar esta fase. Boas férias... ;)

Manuela disse...

Querida Rita (não estranhes tratar-te por querida, que eu trato toda a gente assim), tenho acompanhado a tua saga e não tenho comentado, porque por vezes necessitamos somente de desabafar e um blog, serve para isso mesmo. Agora que já estás a voltar à tona, deixo aqui, uma palavra de apoio na esperança, que não te vás da nossa companhia!
Beijinhos e força :)

My Blueberry Nights disse...

Fico triste se deixares o blogue. Há pessoas que têm o prazer de deitar abaixo as outras, não podemos valorizá.las. eu compreendo-te.. Para quem tem um número considerável de seguidores dá que pensar. Há muita gente que gosta de vir ao teu blogue, algumas que se identificam, outras não tanto, mas vêm sempre. Desejo-te boas férias e de certeza que vens renovada e com um astral diferente. Bjinhos

M. e P. ou P. e M. disse...

Adoro ler o teu blogue...

Filipa disse...

Rita, gosto muito de ler o teu blogue. Mas compreendo, na perfeição, o que aqui escreves. E tu saberás, melhor do que ninguém, o que é melhor. Fica uma palavra de apoio e o desejo de voltar a ler-te super animada :)

Beijos!

Monica disse...

Deves fazer o que te permita sentir bem, querida :)
Beijinhos grandes e boas férias!

M' disse...

Quero continuar a ler-te..
Continua connosco, ou então leva-nos contigo :D*

Beijinho Rita !

Mildness disse...

é só pa dizer que encontrei agora o teu blog e ando aqui a ler tudo e adoro!! =D gosto da atitude... vou seguir *