quarta-feira, 20 de maio de 2009

MC 1


Como é ser mãe da MC:

1. É ter que saber os nomes de todas as winx e os poderes de todas elas;
2. é ter de escolher entre 1.250.536 littlest pet shops o "mais querido";
3. é gramar com aquelas vozes irritantes do Disney Channel;
4. é deliciar-me com ela nas compras;
5. é comprar cromos e entender que não é como no meu tempo que também se comprava a caderneta! Isso não tem piada nenhuma, "para que servem os cromos colados num livro?!";
6. é ter a casa cheia de crianças ao fim de semana;
7. é fazer chá de princesas para ela e para as amigas e pôr-me atrás da porta a ouvir as conversas e rir-me que nem uma perdida;
8. é ter filhamigas, porque tem amigas que já gosto delas como se minhas fossem;
9. é ter achado que a televisão lá de casa andou avariada durante muito tempo, só "apanhava" o Canal Panda;
10. é ter gasto 50€ num computador (Magalhães) que só serve para jogar;
11. É de vez em quando ir ao Mac Donalds e pedir um happy meal para ela ter dois bonecos;
12. é por vezes ter que dar uma sapatada que vos garanto doi-me mais a mim do que a ela;
13. é ter a melhor companheira para dar gargalhadas e fazer "guerras" de cócegas;
14. é dizer-lhe todos os dias que a adoro;
15. é ficar com o coração pequeno quando me despeço dela todos os dias;
16. é todos os dias pensar "Mas em que raio de mundo vai ela viver?"
17. é querer que tenha valores e duvidar se estarei a fazer o correcto - tenho medo que se lixe na vida;
18. é andar descalça com ela no parque;
19. é vibrar com as actividades das guias, da escola, do ballet, da natação como se fossem minhas e divertir-me com elas;
20. é ouvir as preocupações, desabafos, problemas (?), histórias, medos, anedotas, histórias dos amigos... todos os dias à hora do banho;
21. é zelar pelo sono dela;
22. é impedir que faça xixi na cama levantado-me de madrugada;
23. é ao Sábado querer dormir e ter que me levantar cedo para a levar ao Instituto de Inglês;
24. é rezar com ela todas as noites, ou quando o cansaço é muito fazer pelo menos o sinal da cruz;
25. é todos os dias tentar ser uma mãe melhor, sabendo sempre que nunca vou ser uma mãe perfeita (nem quero)!;
26. é ouvi-la tocar flauta e fazer "aquele ar" que ela toca muito bem, quando saiem umas notas um tanto ou quanto desafinadas;
27.é acordá-la todos os dias, eu a puxar a roupa para baixo e ela para cima;
28. é fazer trancinhas no cabelo ás oito da manhã com um olho aberto e outro fechado;
29. é celebrar com ela todas as suas vitórias;
30. é ensiná-la a querer superar-se todos os dias;
31. é ensiná-la que tudo o que faz tem que fazer bem, já me diz "dá mais trabalho fazer errado, depois perco tempo a corrigir!"

Enfim é tudo isto e muito mais...
Há uma coisa que digo muitas vezes à MC, ser mãe dela é a coisa mais divertida do mundo!

6 comentários:

Anónimo disse...

:-)

Parabéns!

Rita disse...

é ser a pessoa mais importante no mundo dela:)
beijinhos

Fofocas disse...

são as duas iguais em feitio se bem q a MC é parecida fisicamente com o Pai.
Minha querida, que maravilha de post!
com a idade da MC já eramos amigas há uns 5 ou 6!!!

Feiticeira disse...

Li isto e apeteceu-me ser mãe. ai ai ai. Não se faz! Um beijinho!

MrKoko disse...

Conseguiste-me por com lágrimas nos olhos. Isso não se faz...
Como pai, já vivi algumas dessas situações, mais a maioria ainda está para vir.

inesargola disse...

Parabéns pelo blog! Adorei esta entrada!

Beijinhos